Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2014 > Outubro > 29.10.2014 - Secretaria-Geral divulga as 12 iniciativas finalistas do Prêmio Cidade Pró-Catador

Notícias

29.10.2014 - Secretaria-Geral divulga as 12 iniciativas finalistas do Prêmio Cidade Pró-Catador

A Secretaria-Geral da Presidência da República divulgou nesta quarta-feira (29/10) os 12 municípios finalistas da segunda edição do Prêmio Cidade Pró-Catador.  Ao todo, foram 85 inscritos. A partir da próxima semana, a Comissão Avaliadora irá avaliar in loco as iniciativas finalistas nos estados. Nesta edição, Minas Gerais foi o estado com mais iniciativas escolhidas - três no total, seguida por São Paulo e Rio Grande do Sul, com duas cada. Os três vencedores serão conhecidos em dezembro.

As 12 finalistas são: Aracaju (SE), Araraquara (SP), Assis (SP), Brazópolis (MG), Irenópolis (SC), Jacobina (BA), Londrina (PR), Manhumirim (MG), Pains (MG), Porto Alegre (RS), Santa Cruz do Sul (RS) e Santa Terezinha de Itaipu (PR).

O Prêmio Cidade Pró-Catador instituído para reconhecer boas práticas de inclusão dos catadores de materiais recicláveis, é promovido pela Secretaria-Geral da Presidência da República e pela Fundação Banco do Brasil, em parceria com Ministério do Meio Ambiente e Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR).

A segunda edição do Prêmio Cidade Pró-Catador tem como público-alvo municípios ou consórcios intermunicipais. Após as visitas, serão selecionadas quatro iniciativas vencedoras, uma por categoria. O prêmio é dirigido aos municípios e visa incentivar, valorizar e dar visibilidade a práticas que contribuam para a implementação de políticas de inclusão social e econômica de catadores e catadoras de materiais recicláveis, em especial na implantação de coleta seletiva com a participação ativa deste público. Algumas cidades já mantêm políticas que possibilitam a inclusão de pessoas de baixa renda, contribuindo para os esforços do governo federal na superação da pobreza extrema.

 

Prêmio

As iniciativas vencedoras poderão apresentar proposta de investimento por meio de projeto conjunto da prefeitura e da cooperativa ou associação de catadores participantes da iniciativa no valor de até R$ 120 mil, conforme indicado no Edital.

A primeira edição do Prêmio Cidade Pró-Catador foi lançada em setembro de 2013 e contou com inscrição de 63 municípios, dos quais 10 foram selecionados na primeira etapa. As iniciativas foram avaliadas in loco pela comissão de técnicos do governo federal, que escolheram as quatro que mais se destacam no desenvolvimento de políticas públicas junto aos catadores de materiais recicláveis.

A cerimônia de entrega do Prêmio Cidade Pró-Catador aos prefeitos e catadores dos municípios vencedores ocorreu na quarta edição do Natal dos Catadores, em dezembro, na ExpoCatadores, em São Paulo. Os municípios vencedores foram Arroio Grande (RS), Bonito de Santa Fé (PB), Crateús (CE) e Ourinhos (SP).