Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2018 > Janeiro > Seminário Internacional Inovação Social em Políticas Públicas acontece dias 07 e 08 de março
conteúdo

Notícias

Seminário Internacional Inovação Social em Políticas Públicas acontece dias 07 e 08 de março

SNAS

O evento será transmitido pelo canal da Presidência da República no Youtube

 

Já está tudo pronto para Seminário Internacional Inovação Social em Políticas Públicas que será realizado nos dias 07 e 08 de março no Instituto Serzedelo Corrêa (ISC), em Brasília. A sessão solene de abertura será na quarta-feira (07) às 09h00 com a presença do ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República (SEGOV), Carlos Marum e outras autoridades. O evento pretende promover o intercâmbio de experiências, estratégias e práticas de inovação social no âmbito das políticas públicas, no Brasil e no exterior, que contribuam para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável / ODS. A palestra inaugural será realizada logo após a abertura.

 O evento será dividido em 3 painéis com os temas “Contextualizando a Inovação no Mundo e no Brasíl”,  “Tendências Globais da Inovação Social”  e “Tendências Nacionais da Inovação Social”. Além disso, terá 3 mesas redondas que vão debater os cases: Inovação Social nas Politicas Sociais, Inovação Social para Educação de Qualidade, Trabalho Decente e  Crescimento Econômico Inclusivo e Inovação Social e Desenvolvimento  Territoriais. Todos os palestrantes, debatedores e coordenadores do Seminário são especialistas renomados do Brasil e de outros países. A programação completa e o perfil dos palestrantes estão disponíveis do endereço www.secretariadegoverno.gov.br/seminario-2018.

 

Transmissão

O Seminário Internacional Inovação Social em Políticas Públicas será transmitido pelo canal  da Presidência da República no Youtube.  (www.youtube.com/user/PalaciodoPlanalto). 

O evento é uma realização da Secretaria de Governo da Presidência da República (SEGOV) por meio da Secretaria Nacional de Articulação Social (SNAS), com a parceria do Banco Interamericano Desenvolvimento (BID), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Synergos, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Instituto Serzedello Corrêa do Tribunal de Contas da União (ISC/TCU), Fundação Banco do Brasil (FBB), Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Nacional) e Furnas Centrais Elétricas S.A.