Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Dia Nacional de Combate ao Mosquito é lançado oficialmente em Salvador

Notícias

Dia Nacional de Combate ao Mosquito é lançado oficialmente em Salvador

Campanha nacional de combate ao Aedes Aegypti visa conscientizar a população para os problemas na proliferação dos Virus da Dengue, Zika e Chikungunya

Dois de dezembro marca o Dia Nacional de Combate ao Mosquito.  Com a proximidade do verão, o governo federal intensifica as ações de combate ao Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zika Vírus e febre Chikungunya.

O Dia Nacional de Combate ao Mosquito consiste em ações coordenadas pelo governo federal, integradas e simultâneas, em todas as capitais do País, no intuito de conscientizar a população sobre a importância do engajamento de todos na luta contra o Aedes.

Neste dia, todos os ministros de Estado e demais autoridades do Governo Federal, além dos governos estaduais e municipais, agentes de saúde e de defesa civil, visitarão residências, escolas, órgãos públicos, canteiros de obras e outros locais, em todos os Estados brasileiros, alertando sobre a necessidade em combater o mosquito.

O Secretário de Articulação Social da Secretaria de Governo da Presidência da República, Henrique Villa, participa das ações em Salvador e destaca a importância dessa data em todo o país, “este é um esforço coordenado do Governo Federal com os Governos Estaduais e Municipais, mas o embate é responsabilidade de todos nós. É um esforço que vai muito além da capacidade do poder público em exercer seu papel de protagonismo no combate ao mosquito”, ressaltou.

O trabalho de conscientização visa alertar a população que o principal instrumento para combater o mosquito Aedes está nas mãos da própria sociedade, e que a partir da adoção de medidas simples como constantes vistorias para manter o seu ambiente doméstico e de trabalho limpos, é possível impedir a sua proliferação.

O vírus Zika é um problema mundial e o Brasil está fazendo a sua parte. O Governo Federal disponibiliza todos os recursos financeiros, tecnológicos e humanos necessários nessa luta em defesa da vida. Entre 2010 e 2015, o Ministério da Saúde aumentou em 39% os recursos federais destinados à ações de vigilância sanitária, passando de R$ 924,1 milhões para R$ 1,29 bilhão. Para 2016, a previsão é de um incremento de R$ 580 mi, uma vez que o valor chegará a R$ 1,87 bi. Também foi aprovado no orçamento um adicional de R$ 500 milhões para o combate ao Aedes. O enfrentamento ao mosquito é uma prioridade do governo federal e não faltarão recursos.

O Dia Nacional de Combate ao Mosquito visa alertar a população sobre os problemas de saúde no principal período de proliferação do mosquito. “Eliminar os criadouros e os focos do Aedes é a melhor forma de encaminhar a solução definitiva para esse mal que assola o país e pode condenar a problemas irreversíveis gerações de cidadãos e cidadãs brasileiras”, destacou Villa.

Esse dia foi lançado na escola municipal Otaviano Pimenta, com visita a uma residência nas proximidades conscientizando da necessidade da prevenção.

Logo após, o Secretário de Articulação Social da Secretaria de Governo, Henrique Villa conheceu a Escolab, uma escola pública com base tecnológica onde os alunos adquirem conhecimento sobre prevenção ao mosquito por meio de um aplicativo para tablets.

Na sequência, o Secretário participou da cerimônia de entrega de 10 veículos Doblôs que auxiliarão na prevenção do mosquito nas cidades de Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Conceição do Jacuípe, Eunápolis, Governador Mangabeira, Itiúba, Paripiranga, Paulo Afonso, Ruy Barbosa e Serra do Ramalho.